Como vender serviços online através de conteúdos memoráveis: a melhor maneira de conquistar clientes satisfeitos

Como vender serviços online?

Geralmente quando falamos de vendas online estamos nos referindo a produtos, físicos ou digitais.

Apesar dos conteúdos que vendem serviços não serem tão diferentes assim daqueles direcionados para divulgar produtos, alguns detalhes podem fazer muita diferença nos seus resultados.

Mas a maior diferença será o seu foco, que deve estar 100% direcionado para resolver os maiores problemas dos seus clientes.

Portanto, se você é um prestador de serviços online ou presencial ou se sua empresa é focada na prestação de serviços, continue lendo esse artigo para:

Você é o produto

Quando você presta serviços online, você é o produto, ou seja, você está vendendo seu tempo.

Logo, sua imagem pessoal será a sua embalagem. E seus conhecimentos empacotados em determinado método de entrega, a maneira como você presta o serviço. Tudo isso junto é o seu “produto”.

Mais do que nunca, o marketing pessoal e a construção da sua marca precisam ser trabalhados antes da venda de serviços online.

Sua marca pessoal é quem você é. Porém, definir quem você é exatamente não é tarefa das mais fáceis. Mas você pode começar respondendo a essas perguntas:

  • Eu sou conhecido por…
  • Minha equipe conta comigo para…
  • Meus clientes sempre me dizem que…

Você precisa saber exatamente como deseja ser visto, tanto no aspecto pessoal quanto no profissional.

Sua marca pessoal só terá valor quando o seu público-alvo enxergar com clareza que você é diferente dos demais.

Tudo, mas tudo mesmo, depende da sua credibilidade

Continuando com a ideia de que o produto é você, sem credibilidade, sem vendas de serviços online, afinal o que você está vendendo é um relacionamento com você mesmo. Faz sentido?

Portanto, boa parte do seu tempo e dos seus esforços serão direcionados para construir sua autoridade online. Muito mais do que seria necessário para vender um produto.

Você precisa fazer o lead entender quais os benefícios e, principalmente, o valor que você pode oferecer. Você, e não os outros prestadores de serviço.

Qual a melhor forma de fazer isso? Com uma página Sobre bem completa.

O que a sua página Sobre precisa incluir:

  • Uma foto profissional sua (se for em algum evento ou durante uma palestra, melhor)
  • Suas habilidades, conhecimentos e sua experiência na área. Mas tente traduzir tudo isso em uma lista de benefícios que seus clientes podem obter ao contratar seus serviços online.

Como você é o produto, você precisa acertar a sua estratégia de posicionamento, fazendo com que o cliente enxergue que você é, de fato, a solução que ele precisa para resolver seu problema.

Por falar em problemas…

Entenda a fundo as necessidades dos seus clientes

E fale exaustivamente sobre elas.

Você não pode se prontificar a oferecer um serviço se você nem sabe ao certo quais as maiores necessidades dos seus clientes.

Mas não adivinhe: pergunte!

Isso irá permitir tanto que você descubra os desejos menos óbvios do seu público, bem como irá aumentar a sensação de proximidade, afinal se você está perguntando como pode ajudar é porque se importa.

Além disso, quando contamos nossos desejos a alguém, automaticamente nos sentimos mais próximos dessa pessoa.

Venda soluções e não serviços online

Um dentista não vende obturações e serviços de canal. Ele vende o fim da dor de dente. Ou quem sabe uma melhora significativa na estética e na autoestima do seu paciente.

Um nutricionista não vende dietas e acompanhamento profissional. Ele vende a possibilidade de um corpo mais saudável e bonito, além de disposição e bem-estar.

Um arquiteto não vende projetos e acompanhamento de obras. Ele vende a concretização da casa dos sonhos.

Não importa qual o tipo de serviço que você vende, mas sim qual o problema você se propõe a resolver. Para descobrir, faça as seguintes perguntas:

  • Qual o maior problema da minha persona?
  • O que meu cliente quer?
  • Como eu posso ajudar meu cliente a conquistar esse objetivo?

Você precisa mostrar que pode oferecer resultados personalizados

Se um cliente escolher contratar seu serviço, isso significa que ele deseja receber um resultado personalizado.

Vamos usar o exemplo do nutricionista novamente. O paciente chega até seu consultório e quer sair de lá com um plano alimentar feito exclusivamente para ele.

Para vender serviços online, você precisa mostrar que é capaz de entregar de forma personalizada, porém mostrando o resultado que você obteve com outras pessoas.

E esse é o grande desafio. Você terá que mostrar que é capaz de satisfazer as necessidades de quem decidir contratá-lo, mas ao mesmo tempo, manter a informação pessoal de seus clientes em sigilo.

Por isso, procure incentivar que seus clientes antigos forneçam seus depoimentos sobre seu serviço.

Caso você seja prestador de serviços cujo resultado é tangível e pode ser facilmente visualizado através de fotos, vídeos, designs, etc, não pense duas vezes e invista seu tempo para criar um portfólio, caso você não tenha um.

Se possível, realmente transforme seu serviço em um produto

Se você possui um certo tipo de conhecimento e um público interessado nele, a melhor forma de transformar isso em um produto, seria criando um curso ou escrevendo um livro.

Além de materializar um serviço de consultoria, por exemplo, você consegue gerar outra fonte de renda, alcançar uma audiência muito maior e assim escalar seu serviço.

Tudo isso por um valor muito menor do que o preço regular do seu serviço (é importante fazer essa ancoragem) e de forma mais acessível a um número maior de pessoas, sem que você precise esgotar toda sua energia e seu tempo para atender um por um.

Quando você profissionaliza seu marketing de serviços, você mostra ao cliente que sabe o que está fazendo, deixa muito mais claro o que ele pode esperar na entrega e ainda aumenta a expectativa, o que é excelente. Desde que você entregue aquilo que prometeu.

Mas veja que ao fazer tudo isso, criar uma marca e catalogar seus serviços como você faria com seus produtos, você torna o invisível aos olhos do cliente em algo tangível, que será entregue em troca de um determinado valor monetário.

Procure traduzir todos esses conceitos da venda de serviços online em todo tipo de conteúdo que você produzir para divulgar seu trabalho e sua marca.

Mas você não precisa para por aí. Vamos conhecer agora quais são as otimizações de conteúdos para vender serviços online que você pode e deve colocar em prática hoje mesmo.

Como criar conteúdos que vendem serviços: a cereja do bolo

Algumas melhorias e tipos específicos de conteúdos podem funcionar de forma mais eficiente na hora de vender serviços online.

Separei 9 ações de marketing de conteúdo para você turbinar as vendas de serviços online usando o poder do conteúdo.

1.Faça entrevistas com pessoas influentes do seu mercado

Pode ser tanto um conversa informal, porém rica em conteúdo ou uma entrevista mesmo.

O formato não importa, mas ter a participação de outras pessoas do seu mercado em seus vídeos irá aumentar sua autoridade e atrair a audiência da pessoa que topou fazer esse “colab” com você.

2.Invista na produção de conteúdos em vídeo

Por se assemelhar muito mais a uma conversa olho no olho, fazer vídeos pode ser uma ótima maneira de acabar com as principais objeções dos seus futuros clientes

Produza vídeos para o YouTube e faça webinários. Conteúdos em vídeo possibilitam maior conexão com sua rede de contatos e mais engajamento por parte da audiência.

As pessoas usam a busca do YouTube para encontrar soluções para seus problemas. Vídeos ensinando como resolver queixas relacionadas a seu mercado serão sucesso garantido.

3.SEO

Só não esqueça de apostar no SEO tanto para impulsionar seu blog como o seu próprio nome no Google caso você trabalhe como pessoa física.

Ao melhorar a atração de visitantes para o seu site (de forma gratuita e orgânica), suas chances de vender mais aumentam, e muito, afinal, é o cliente que está indo até você e não o contrário.

4.Use as redes sociais a seu favor

Tenha um perfil atualizado no LinkedIn , mas também poste conteúdos relevantes e próprios em suas redes sociais ou reposte materiais interessantes da sua área de atuação.

E tenha cuidado com conteúdos polêmicos ou inadequados. Clientes e empresas sempre buscam informações nas redes sociais.

5.Conte a sua história pessoal

Histórias com o poder de influenciar e fazer você se conectar melhor com seu público.

Um das minhas histórias de vida que mais traduzem a jornada de criar um negócio online é quando conto como saí de uma frustração na faculdade de economia para criar um blog de investimentos e descobrir como esse blog era um negócio online sustentável, que me rendia muito mais do que qualquer estágio ou emprego formal.

Essa história baseada na “jornada do herói” mostra todos os desafios do início, assim como a transformação ao longo do caminho e a recompensa no final, quando o Viver de Blog alcançou recentemente a marca de 3 milhões de visitas e foi rankeado entre os 500 sites mais influentes do Brasil.

6.Sacadas rápidas

Mostre rapidamente como as pessoas podem aplicar seu conhecimento nas suas vidas e obter resultados imediatos. Assim elas terão uma espécie de “amostra grátis” do que o seu serviço pode fazer por elas.

Considere criar um desafio de 30 dias com dicas simples sobre o seu assunto todo dia durante esse período. Você pode usar as suas redes sociais, como o Facebook e Instagram para fazer esse tipo de publicação.

Esse tipo de ação tem como objetivo tornar um produto, no caso você, conhecido no mercado, fortalecendo o seu posicionamento e impulsionando seus resultados.

7.Não esqueça jamais dos seus antigos clientes

Você sabe se fez um bom trabalho com seus clientes mais antigos? Você pode fazer algo a mais para deixá-los ainda mais satisfeitos?

Se você não sabe essa resposta, pergunte se eles acreditam que poderiam obter algo de você que ainda não foi alcançado.

Essas pessoas fazem parte da sua lista de emails? Se sim, não esqueça de segmentar para se comunicar de forma personalizada com essas pessoas.

Sua base de clientes é seu ativo mais valioso.

É muito mais fácil e barato vender para alguém que já comprou serviços online com você antes, como também essw acaba se tornado seu melhor canal de mídia através do boca a boca (e isso sem que você tenha que investir 1 real).

Também aproveite para pedir que essas pessoas recomendem seus serviços a conhecidos caso tenham ficado satisfeitas. Mas peça, porque muitas vezes as pessoas simplesmente esquecem de fazer essa recomendação.

8.Foque nas emoções

Se você leu o artigo “Ciência e Marketing aliados: o que o Neuromarketing pode ensinar sobre a mente dos consumidores para gerar mais vendas já deve ter visto que as emoções são que realmente influencia nossas decisões.

As emoções que mais exercem influência na persuasão são admiração, ansiedade, felicidade, medo e raiva.

No entanto, para vender serviços primeiro você precisa fazer com que as pessoas sintam-se seguras com você. Afinal, você é o produto, lembra?

Mas não fique focado somente em provocar emoções na sua audiência, mostre você também o seu lado mais emotivo, especialmente a sua paixão em servir e fazer o que faz.

Acredita, nada funciona melhor para gerar conexão.

9.Aplique a proposta única de valor em tudo que fizer

O que faz você gostar ou não de determinada pessoa ou marca é a sua proposta única de valor, porque ela é a sua personalidade ou a personalidade da sua marca que ninguém mais no mercado tem.

A sua proposta única de valor nada mais é do que a resposta para essa pergunta:

“Por que eu deveria comprar de você e não do competidor mais próximo?”

E se sua resposta tiver os termos:

  • “qualidade”
  • “ótimo serviço”
  • “número 1 do mercado”

Repense a sua proposta única de valor, já que isso é o mínimo necessário para qualquer negócio em qualquer nicho de mercado e, portanto, não serve como declaração de posicionamento.

4 pilares de qualidade do marketing de serviços online

Quem presta serviços online precisa ficar atento a esses 4 pilares de qualidade do marketing de serviços online:

  • Confiabilidade e satisfação: o cliente tem que receber exatamente o que encomendou e no prazo prometido.
  • Design do site: o site/página de venda precisa fornecer informações detalhadas de como será feita a prestação de serviço (descrição do processo), além de carregar rapidamente e facilitar o processo de compra.
  • Segurança e privacidade: o cliente tem que sentir que sua privacidade está protegida no site e que pode comprar com segurança.
  • Atendimento ao cliente: quando o cliente tiver problema, você deve mostrar interesse sincero em resolver, bem como responder todas as dúvidas prontamente. Procure melhorar o que você oferece como serviço, seja de forma virtual ou presencial.

Uma vez que você compreende que são esses 4 pilares que sustentam a base dos serviços online, todo o resto, como o conteúdo, a copy, seu site, sua estratégia de geração de tráfego e qualquer outra ação de marketing que você decida colocar em prática serão extremamente potencializadas para que você venda seus serviços online, mas principalmente conquiste muitos clientes mais que satisfeitos.

Fonte: https://viverdeblog.com/servicos-online/

5 Táticas de SEO para Ajudar o seu Negócio a Vender Mais na Internet

Se você tem um site/blog sabe da grande importância em usar boas estratégias SEO.

O Google é um sistema bem complexo com mais de 200 fatores de classificação, entender um pouco este sistema irá te ajudar muito a classificar bem o seu site, consequentemente ter grande tráfego e elevar seu negócio para o próximo nível.

Passos Necessários Para Ter Sucesso Com Seo

estratégias seo

Então, o primeiro passo para ter sucesso com o SEO, é ter confiança. Vou explicar melhor… a confiança é o componente central da pesquisa orientada para a relevância do Google. Sem confiança, você simplesmente não é relevante. No entanto, construir confiança é uma espada de dois gumes.

Especialmente para os iniciantes, ganhar visibilidade sem confiança tornou-se algo incrivelmente difícil.

No entanto, sem visibilidade, como as pessoas vão conseguir acessar o seu conteúdo? Se alguém não consegue descobrir o seu artigo, como é que elas vão se envolver com ele e gostar o suficiente para enviá-lo aos seus amigos ou compartilhá-lo nas mídias sociais?

Claramente, no início, as probabilidades são de que você terá que “nadar contra a maré”. Mas há um caminho melhor a seguir, e que vai te ajudar muito nesse processo!

A confiança é, certamente, o caminho para o “coração” do Google. E ao alavancar essa compreensão da confiança, podemos ter sucesso com o SEO para ter um negócio próspero online, criar fluxos passivos de renda e construir um negócio bem sucedido a longo prazo – desde que joguemos pelas muitas regras do Google.

No cerne da equação de relevância do Google, a própria confiança é criada através de três pilares fundamentais:

  • Idade
  • Autoridade
  • Conteúdo

Dentro desses três pilares, existem mais de 200 fatores diferentes que ajudam a compreender os principais algoritmos do gigante de pesquisa. Uma vez que você compreende esses pilares fundamentais, você pode trabalhar na construção de sua confiança em cada uma dessas áreas.

Como a pesquisa do Google cresceu ao longo dos anos e se tornou o sistema dominante que é hoje, as pessoas perceberam a importância de se classificar de forma orgânica. Claramente, a quantidade quase sem limites de tráfego grátis pode enviar qualquer empresa para a estratosfera. Todo mundo sabe disso, e por isso, todos estão atraídos por isso, todos querem isso, agora! 😉

No entanto, ao longo do tempo, quando as pessoas entenderam como o sistema funcionava, elas começaram a aproveitar certas estratégias de SEO menos escrupulosas que lhes permitiram classificar seu conteúdo rapidamente no topo da pesquisa do Google. Estes não eram os resultados de pesquisa mais relevantes, o que enfureceu o Google. Por isso, o Google sabia que as coisas tinham que serem mudadas.

SEO sofreu alguns distúrbios dramáticos nos últimos anos a pedido do Google, e sua missão principal de cultivar uma internet para exercer mais valor inerente para a população mundial foi executado.

Os últimos cinco anos tiveram uma revisão maciça da forma como o Google determina quais são os resultados de pesquisa mais relevantes.

Atualizações Dos Algoritmos de SEO do Google.

estrategias seo

Antes que você possa realmente entender o que é preciso ser feito para melhorar os resultados nos mecanismos de pesquisa (SERPs) do Google, você precisa digerir o que mudou.

O motivo? As mudanças fazem parte do Google, e você deve ter isso em mente para manter seu negócio a longo prazo, sem sofrer grandes perdas devido as transformações ocorridas.

O objetivo principal do Google é entregar o resultado de pesquisa mais relevante da maneira mais rápida possível. Claramente, é perfeito isso. Tanto que eliminou digitalmente a sua concorrência!

As atualizações de algoritmos que foram colocadas em jogo passaram por nomes como Panda, Penguin e, mais recentemente, Hummingbird, entre os demais.

Essas atualizações de algoritmos têm como objetivo melhorar a experiência do usuário, eliminar spam e fraudes e aumentar a relevância geral da pesquisa.

Ao entender o que mudou, você pode obter uma perspectiva nas intenções do Google sobre o que está tentando alcançar. Ele deseja conteúdo que ajude a melhorar a vida dos usuários, a resolver problemas, encontrar soluções rapidamente, oferecer valor e que estes se envolvam cada vez mais com o conteúdo oferecido (comentar, curtir, compartilhar, ler todo conteúdo etc).

Esses são os resultados de pesquisa mais relevantes. Isso é o que o Google está procurando. Mas durante anos, ficou bem o contrário. Tratava-se de indivíduos sem escrúpulos que tentavam “jogar” contra o sistema.

Como Dominar os Mecanismos de Pesquisas.

estratégias search engine optimization

Agora irei falar dos três pilares que são parte integrante da equação de relevância do Google, e se você deixar de abordar cada um desses pilares de confiança, você se encontrará em um mar de competição, incapaz de ganhar a preciosa visibilidade que você está tanto procurando.

1. Idade (tempo online)

A idade (tempo do site) é mais do que um número. O Google confia no relacionamento com você ao longo do tempo para julgar o quanto ele pode confiar em você.

Quanto mais tempo seu site está online, quanto mais vezes você cria conteúdo de alta qualidade que oferece enormes quantidades de valor, mais o google confiará em você.

A idade não depende da data em que adquiriu seu domínio pela primeira vez. A idade refere-se à idade indexada, ou seja, quando o Google realmente descobriu seu domínio. Se você comprar um domínio e deixá-lo latente durante anos, isso não o ajudará.

2. Autoridade

O segundo pilar da confiança é a autoridade. O Google conta com outros sites que já confia para determinar se os sites recém-chegados devem realmente ser confiáveis.

Se você tem um site com conteúdo excelente e outros sites que o Google confia já estão ligando (backlinks) a você organicamente, sua confiança aumentará naturalmente ao longo do tempo.

No entanto, a autoridade de construção é incrivelmente difícil desde o início. Quando você é novo, e você não consegue ser descoberto no topo das SERPs do Google, como então as pessoas devem encontrar você e, posteriormente, “linkar” para você? A menos que você literalmente tenha um conteúdo extremamente viral, você tem uma batalha íngreme e ascendente à sua frente, mas a autoridade também é incrivelmente importante para sua capacidade geral de classificação.

3. Conteúdo

O terceiro componente subjacente da confiança é o conteúdo. Seu conteúdo desempenha um papel importante na sua visibilidade nas SERPs do Google. Simplificando, você não pode jogar um conteúdo qualquer (pouca qualidade e informações defasadas) e esperar ganhar força.

Seu conteúdo deve fornecer enormes quantidades de valor, se você realmente quer obter a atenção do gigante de pesquisa.

Mas não é apenas um conteúdo único. Você precisa fornecer regularmente conteúdos excelentes em seu site, do tipo com o qual as pessoas querem compartilhar e se envolver. Sem grande conteúdo, você não tem nada e, independentemente das estratégias SEO que você empregar, falhará. Ninguém irá linkar para um site com conteúdo ruim. Não perca seu tempo tentando cortar caminhos. O conteúdo certamente é o rei para a otimização de seu site (backlinks também).

Agora Aqui Estão as Cinco Impactantes Estratégias SEO

seo

Além desses três pilares de confiança citados acima, existem mais de 200 fatores de classificação envolvidos na busca do Google como mencionado anteriormente. Estes fatores de classificação contém muitos mistérios e ninguém entende perfeitamente.

Vamos começar a entender alguns pontos muito relevantes em seo abaixo!

1 – O Marketing do Seu Conteúdo

Uma das estratégias de SEO mais importantes para usar é o marketing de conteúdo. No coração desta estratégia, o conteúdo de alta qualidade oferece uma enorme quantidade de valor.

Você precisa comercializar esse conteúdo em sites de autoridade como Quora, Reddit, WiseLike, LinkedIn, Tumblr, Facebook, Twitter, Google + e outros destinos com alto tráfego na web.

Participar no marketing de conteúdo não é algo simples, mas essa única estratégia de SEO irá ajudá-lo a ganhar posicionamento para o topo das SERPs do Google ao longo do tempo, desde que seja feito da maneira correta. Para fazer isso, existe um método muito específico.

Você deve garantir que você crie conteúdo similares e relevantes que sejam específicos com palavras-chave usadas em sites de autoridade, como Medium.com, LinkedIn.com e Quora.com, e que o conteúdo tenha um único link do site de autoridade para o conteúdo principal da âncora no Seu Domínio principal.

autoridade seo

Estratégia 2 – Melhorar a Velocidade da Página

A velocidade da página do seu site tem uma grande influência na experiência do usuário. As páginas com carregamento lento removem a experiência do usuário, enquanto as páginas de carregamento rápido ajudam a adicionar mais experiência positiva para usuários, criando mais tempo de navegação através dos conteúdos.

O Google está extremamente preocupado com a experiência geral do usuário, e melhorar a velocidade da página é uma dessas maneiras de melhorar drasticamente essa experiência.

Use ferramentas como PageSpeed do Google ou GTMetrix para executar informações e obter sugestões sobre como melhorar a velocidade da página do seu site. Se você não é tecnicamente experiente, talvez seja necessário buscar a ajuda de um desenvolvedor web para otimizar a velocidade da página do seu site.

Se você usa plataformas de blog como wordpress, você pode usar w3 total cachewp fastest cache ou Super Cache para ajudar a resolver este problema.

Estratégia 3 – Foco em Mobile e em AMP

O Google leva a sério a otimização de seu site para ser usado no celular (mobile friendly).

Considerando que as pesquisas feitas em dispositivos móveis agora estão superando as buscas feitas em desktop, não é de admirar que a gigante de pesquisa esteja tão focada em smartphones. No entanto, a maioria das pessoas ainda está atrasada quando se trata de otimizar seus sites para dispositivos mobile.

Seus sites são carregados corretamente em navegadores de desktop, mas não em dispositivos móveis ou mesmo em tablets.

Aproveite e utilize um design responsivo para o seu site! Se você atualmente não possui um, aproveite agora para garantir que seu site seja otimizado para dispositivos móveis.

O Google também lançou recentemente seu projeto Accelerated Mobile Pages (AMP), o que aumenta ainda mais os tempos de carregamento em dispositivos mobile. Você pode aprender mais sobre a especificação AMP aqui.

Estratégia 4 – Aproveite o Poder Dos Vídeos

Estratégias SEO precisam do poder do marketing de vídeo. Os vídeos levam seu conteúdo para a estratosfera devido à popularidade das plataformas de vídeo, como o YouTube e o Vimeo.

Criar tutoriais úteis e outros vídeos informativos também são uma ótima maneira de oferecer um valor real às pessoas em um formato multimídia facilmente acessível a qualquer pessoa! Isso com apenas uma câmera de smartphone, por exemplo!

Crie vídeos relevantes para inserir em um artigo específico em seu site e assegure-se de que a descrição seja rica em palavras-chave, mas não seja “recheada” (excessivo) de palavras-chave. Aproveite elementos como o título e as tags para centralizar ainda mais suas palavras-chave relacionados com o conteúdo do vídeo.

Estratégia 5 – “Seja Social” e Envolva-se Com os Outros

A autoridade é construída ao longo do tempo, mas também não pode ser construída a menos que você seja social, e você se envolve com os outros.

No início, esse envolvimento é mais difícil. Na verdade, você provavelmente notou que é incrivelmente difícil classificar qualquer conteúdo desde o início. Isso ocorre porque a maioria dos “sites recém-chegados” tem pouco tempo de vida e muito pouca autoridade. Então você tem que ter confiança e construir isso.

Não se trata apenas de compartilhar seu conteúdo repetidamente com os outros. Você precisa ser social, agregar valor às conversas, oferecer valor sempre, seguir os outros e se interessar pelo que essas pessoas estão fazendo, se você quiser que se interessem por você.

Espero que essas dicas e estratégias de SEO te ajudem a avançar para o próximo nível em seus projetos online.

Quais são as suas principais dificuldades de ranqueamento? Quais são suas dúvidas? Compartilhe conosco nos comentários!