Google Notícias: Como Gerar Tráfego Exponencial para o seu negócio

Quem trabalha na internet sabe a importância de conquistar o Google para atrair mais audiência e ganhar relevância. Quem é que não quer o seu conteúdo ocupando a primeira página de buscas?

Mas não é apenas com os posts do seu blog e do site que você precisa se preocupar.

Se você produz conteúdo jornalístico, se posicionar bem no Google Notícias é uma forma de aumentar o tráfego do seu site e se tornar ainda mais competitivo.

Saiba mais sobre essa ferramenta do Google e veja o que você precisa fazer para as suas notícias se destacarem!

O que é o Google Notícias?

O Google Notícias é a plataforma do Google que organiza e apresenta conteúdos noticiosos, sempre com foco na originalidade, confiabilidade e, claro, na intenção de busca dos usuários.

Ao contrário da estratégia de blog, em que o foco está em produzir conteúdos evergreen, aqui o importante é publicar conteúdos sobre acontecimentos recentes e novidades.

Por ser uma empresa tão reconhecida no mercado, já dá para imaginar a importância de ter uma notícia veiculada no topo do Google Notícias, né?

Como a ferramenta funciona?

A ferramenta atua como uma curadoria de notícias e apresenta para os leitores apenas aqueles conteúdos que cumprem todos os seus requisitos, que apresentaremos com mais detalhes a seguir.

Ao acessar o Google Notícias, as pessoas conseguem ver as principais notícias na página inicial, mas também podem ver apenas as recomendações feitas com base nos interesses de cada usuário ou buscar por temas específicos.

Ainda é possível filtrar por notícias do Brasil, do mundo ou locais, e também por categorias, como esportes, saúde e negócios.

Como aparecer no Google Notícias?

Se você já tem o costume de publicar notícias no site do seu negócio, provavelmente está pensando em como fazer os seus conteúdos aparecerem no Google Notícias.

A relevância do portal é um dos maiores atrativos para empresas e empreendedores que querem alcançar mais audiência e gerar tráfego com suas matérias.

Para você não ficar de fora, veja o que deve considerar na hora de publicar as notícias no seu site!

1. Produza conteúdos noticiosos e mais atuais

O foco da plataforma é entregar notícias atualizadas e de qualidade para os usuários. Por isso, invista na produção de conteúdos que ofereçam essa experiência para conseguir se destacar!

Nesse tipo de plataforma, não dá para demorar muito para publicar sobre determinado assunto. Os veículos jornalísticos precisam ser oportunos e entregar o que há de novo para que os leitores tenham acesso a informações sempre atuais.

Acompanhe outros portais e sites de notícias para se manter atualizado, ter ideias e conseguir aproveitar as oportunidades.

2. Crie manchetes chamativas e use palavras-chave

Pense em uma banca de jornais com várias opções à mostra para as pessoas. Muitas edições têm as mesmas matérias principais, afinal, elas veiculam o que aconteceu ou está acontecendo de importante no mundo naquele momento.

A não ser que você já tenha ido à banca com o interesse de comprar um jornal específico, provavelmente comprará aquele que chamar mais a sua atenção, certo?

No Google Notícias o funcionamento é basicamente o mesmo. Então, faça manchetes atrativas para que os usuários se sintam atraídos pelo seu link e escolham acessar o seu conteúdo.

Além disso, assim como em todas as outras buscas relacionadas ao Google, não se esqueça de usar técnicas de SEO e trabalhar bem a palavra-chave. Afinal, será por meio dela que as pessoas encontrarão o seu conteúdo.

3. Produza conteúdo original e não copie concorrentes

A pressa para publicar as notícias mais atualizadas leva algumas pessoas a apenas copiar conteúdos de outros veículos jornalísticos e replicar em suas páginas. Não faça isso se quiser ter bons resultados!

O Google Notícias valoriza apenas conteúdos originais, que realmente transmitam credibilidade.

Acompanhar os concorrentes é fundamental para a sua estratégia, mas copiá-los não vai levar o seu negócio a lugar nenhum, nem mostrar quais são os seus diferenciais.

4. Mantenha uma produção regular

Portais de notícias precisam ser atualizados diariamente (ou com o máximo de frequência possível) para serem relevantes para o público e conseguir informar às pessoas praticamente em tempo real sobre os acontecimentos.

Ninguém quer entrar num site focado em notícias e ver apenas conteúdos de semanas anteriores, né?

Para garantir a frequência e o volume de publicações, você pode investir em uma equipe interna de redação, em produtores de conteúdo autônomos ou até em parcerias com pessoas consideradas autoridades no assunto abordado, o que ainda vai ajudar a fortalecer o seu site.

5. Tenha um site ou blog responsivo

As pessoas consomem conteúdo nos mais diversos dispositivos, por isso é fundamental ter um site responsivo.

Assim, você facilita a navegação mobile e garante que seu conteúdo seja adaptável às diferentes configurações e tamanhos de tela.

Abrir uma página toda desconfigurada no celular é uma péssima experiência para o usuário e pode fazer com que ele desista de ler a sua notícia, mesmo que o conteúdo seja de alta qualidade.

6. Fortaleça a autoridade do seu domínio

A autoridade do domínio ajuda a gerar mais tráfego e atrair as pessoas e, quando falamos de notícias, isso é ainda mais importante.

Principalmente no mundo virtual, onde há a disseminação de tantas notícias falsas, os sites considerados confiáveis e seguros são os mais reconhecidos e, consequentemente, são os mais mostrados pelo Google e acessados pelas pessoas.

Se o seu site ainda está no início, é necessário ter paciência. Construir a autoridade de um domínio é um trabalho de longo prazo. No entanto, existem algumas estratégias que você pode usar, como:

  • conseguir links externos de páginas já reconhecidas;
  • fazer parcerias com especialistas nos temas abordados para que produzam e/ou assinem seus conteúdos.

7. Otimize o código do site

Para aparecer no Google Notícias, o site deve ter um código HTML organizado, simples e direto. O conteúdo precisa estar em um bloco contínuo sem se misturar com outros conteúdos ou vídeos, por exemplo.

Criar um mapa XML também é interessante para quem quer que a sua notícia apareça no feed da plataforma, já que o Google rastreia os sitemaps com a mesma frequência que rastreia outros aspectos do seu site.

Inclua no mapeamento os artigos mais recentes e os atualize à medida que novos conteúdos forem incluídos.

8. Cumpra os requisitos do Google Notícias

A plataforma exige o cumprimento de alguns requisitos para que o seu site seja aceito.

Um deles é que o site seja exclusivamente de notícias. Muitos sites têm uma seção separada para conteúdos noticiosos, assim como têm o blog, por exemplo.

Mas no caso do Google Notícias, a página precisa ser totalmente direcionada para conteúdo jornalístico.

Outros requisitos são:

  • as URLs devem ser estáticas;
  • os sites não podem divulgar dados sigilosos ou protegidos por direitos autorais;
  • deve ser constantemente atualizado e sempre com informações confiáveis.

8. Marque suas notícias com dados estruturados

O Google verifica milhares de páginas a todo momento, por isso, que tal dar uma ajudinha para que ele entenda o que está sendo compartilhado na sua página?

Use dados estruturados para padronizar o conteúdo, simplificar o entendimento e classificar as informações compartilhadas.

9. Produza conteúdo de qualidade SEMPRE

Você não precisa aplicar o seu site para aparecer na plataforma, no entanto, lembre-se de que o Google está cada vez mais preocupado com a experiência dos usuários que usam as suas ferramentas.

Não é interesse da empresa mostrar conteúdos ruins, incompletos, com fontes duvidosas ou que apenas tentam vender coisas em vez de realmente agregar algum valor para o público.

Por isso, invista na qualidade dos conteúdos noticiosos para alcançar os seus objetivos, conquistar autoridade e gerar tráfego!

Por que é importante otimizar conteúdos para o Google Notícias?

Ainda está na dúvida se vale a pena ter conteúdos no feed do Google Notícias?

Veja as principais vantagens!

Mais autoridade

O público confia mais em conteúdos noticiosos, principalmente quando estão em portais reconhecidos e confiáveis.

Aparecer no Google Notícias é uma forma de conquistar essa confiança, pois as pessoas sabem que não é qualquer página que é mostrada por ali.

Tráfego segmentado

Lembra que falamos que a ferramenta mostra notícias de acordo com os interesses dos usuários?

Essa é uma excelente maneira de segmentar o tráfego orgânico da sua página e aumentar a taxa de cliques.

Público qualificado

Como o Google Notícias ajuda a segmentar o tráfego, você atrai um público mais qualificado, ou seja, realmente interessado no que você tem para oferecer.

E nada melhor do que isso para aumentar a taxa de conversão do seu negócio!

Atraia tráfego com as estratégias certas!

O Google Notícias é uma ferramenta valiosa para quem publica conteúdos noticiosos e quer usá-los para gerar mais tráfego e melhorar os seus resultados.

No entanto, otimizar os conteúdos para que apareçam no feed desta plataforma não é a única estratégia para atrair as pessoas para o seu site ou blog.

Investir em campanhas pagas também é um caminho interessante e que pode gerar ótimos resultados. Quer saber mais sobre tráfego pago? Selecionamos um artigo completo para você: Descubra 6 formas de fazer tráfego pago e aumentar a visibilidade online do seu negócio!

Se você precisa de ajuda para criar e vender seus produtos digitais, então entre em contato conosco pelo link abaixo:
>> https://samadhidigital.com.br/contato/

Tráfego orgânico: o que é e como atrair visitantes para o seu site

Você sabe o que é tráfego orgânico e por que ele é tão importante para as empresas? Diariamente, a equipe de Marketing Digital dos negócios elabora estratégias para trazer mais visitantes a algum site ou campanha específica.

No entanto, essas visitas podem vir de forma espontânea.

Isso é o que nós chamamos de tráfego orgânico. Por mais que a explicação acima tenha sido um pouco densa, saber como aplicar este tráfego, de fato, pode ser bem complexo. Pode estar inserido na estratégia de SEO, por exemplo, ou no marketing de viralização.

A estratégia é extremamente escalável e econômica para as empresas, que ganham muito adquirindo novos curiosos e até mesmo potenciais clientes.

Quer entender um pouco mais sobre tráfego orgânico e também como atrair cada vez mais acessos para o seu site? Basta continuar a leitura!

O que é tráfego orgânico?

O tráfego orgânico pode ser definido como a aquisição de novos visitantes em um site ou campanha específica sem a necessidade de gastar dinheiro.

Dessa forma, o público chega de forma espontânea. Muitas vezes, por meio de pesquisas realizadas por buscadores populares, como é o caso do Google.

Apesar de não haver um orçamento específico para esse tipo de estratégia, é fundamental que ela seja baseada em dados e ações concretas. Dessa forma, o site consegue ranquear bem nos buscadores de pesquisa.

Mas, é possível apostar dinheiro no tráfego orgânico? A resposta é sim, mas de forma indireta. As empresas podem impulsionar uma determinada palavra-chave, por exemplo, assim, quando os clientes pesquisarem, será essa a primeira escolha de clique.

Com boas práticas, as ações que envolvem tráfego orgânico podem ser bem duradouras, com frutos que serão colhidos por mês ou até anos — para saber como, não deixe de conferir a leitura até o final!

Quais são as outras fontes de tráfego?

O tráfego orgânico não é o único que existe. Se você trabalha (ou já trabalhou) com ferramentas de análise de desempenho, como o Google Analytics, sabe bem do que eu estou falando.

Por isso, podemos dizer que as atuais fontes de tráfego que permeiam o Marketing Digital são: pago, direto, de referência e social.

Vamos conhecer mais sobre cada uma?

Tráfego pago

Como o nome dá a entender, o tráfego pago é todo aquele impulsionado por algum investimento da empresa. São os famosos links patrocinados.

Para atrair novos visitantes, as empresas colocam esses anúncios em sites que são correlativos com o seu produto ou até mesmo no Google.

Tráfego direto

É quando o cliente acessa o seu site sem passar por outro previamente. Por exemplo: digita diretamente no navegador hotmart.com, sem precisar fazer uma busca no Google.

É um tipo de tráfego orgânico, mas o direto se diferencia por já ser conhecido do seu usuário — que de alguma forma já sabe a URL de destino.

Tráfego de referência

O tráfego de referência acontece quando o visitante acessa o site por meio de outro portal. Quando as empresas apostam na técnica de link building, o tráfego de referência costuma aumentar.

Nesse caso, o cliente estava lendo um artigo em um determinado blog, por exemplo, e clicou em uma palavra que o levou para outro site.

Tráfego social

Este tráfego é originado das redes sociais, com links compartilhados, seja no Instagram, LinkedIn, Facebook, e outros.

Quando há uma análise das origens dos acessos por meio das ferramentas específicas, você consegue ver de qual rede social o tráfego foi gerado.

Quais as 5 dicas para mais visitantes para o seu site?

Chegamos à pergunta de ouro deste artigo. Confira abaixo 5 dicas que ajudarão a sua empresa no momento de atrair mais visitantes!

1. Aposte no Marketing de Conteúdo

O marketing de conteúdo pode ser entendido como uma forma de atrair clientes por meio de blog posts, ebooks, textos jornalísticos, vídeos para o YouTube ou qualquer outro material rico.

 

É muito importante que, independente do conteúdo escolhido, ele seja de extrema qualidade. O seu cliente só clicará para ler ou visualizar caso acredite que aprenderá algo novo.

2. Otimize os seus conteúdos para o SEO

A sigla SEO significa Search Engine Optimization (Otimização para motores de busca, em português). Trata-se de um processo que tem como principal objetivo colocar uma página em primeiro lugar nos buscadores.

Afinal, quanto maior a posição de um determinado conteúdo, maior serão os cliques — e consequentemente o aumento no tráfego orgânico.

O SEO pode ser aplicado em blog posts e vídeos para o YouTube. Uma primeira estratégia fundamental é escolher distintas palavras-chave que permeiam o produto da sua empresa e, em seguida, criar conteúdos ricos.

3. Direcione o conteúdo para a sua persona

Uma persona nada mais é do que o cliente ideal da sua empresa. Você pode construí-la colocando características como nome, idade, profissão, hobbies, e muito mais.

Ela torna-se muito importante, pois você pode construir seus conteúdos pensando no que esta persona gostaria de consumir. Assim, a chance de um novo público acessar o site organicamente é bem mais alta.

4. Crie um conteúdo rico e diferente

Agora que você sabe como os conteúdos têm relevância na estratégia de tráfego orgânico, não deixe de criar um que se diferencie dos demais.

Se você fizer uma breve pesquisa no Google verá que existem algum artigo parecido com aquele que você quer fazer. Mas isso não é motivo para desânimo — muito pelo contrário.

Pesquise por referências de qualidade e atualize os seus conteúdos constantemente. Com o tempo, você perceberá que o tráfego orgânico aumentará.

5. Poste seu conteúdo em outras redes sociais

Você acabou de criar um conteúdo legal e de qualidade que pode agregar visitas? Que tal divulgá-lo em outras redes sociais?

Essa ação pode fazer com que o tráfego social aumente, o que também pode impactar no tráfego orgânico. O motivo é muito simples: à medida que as pessoas acessam e veem com frequência o seu conteúdo, o Google e outros buscadores entenderão que o seu site tem relevância. Assim, o ranqueamento tende a subir.

Quais são os reais benefícios do tráfego orgânico?

Agora que você já sabe o que é tráfego orgânico e também como fazer com que os números cresçam cada vez mais, confira as vantagens de apostar na estratégia:

1. É uma estratégia escalável

Quando falamos no tráfego pago, quando uma determinada campanha não recebe mais impulsionamento, os cliques tendem a diminuir.

O contrário acontece com o tráfego orgânico. Aplicando as boas práticas citadas acima, a intenção é que cada vez mais o site receba visitas.

2. É muito mais econômico

Seguindo no raciocínio da vantagem acima, além de ser escalável, o tráfego orgânico pode ser uma estratégia “gratuita”, o que é vantajoso para os profissionais de marketing.

O custo-benefício costuma ser bem maior e a intenção final é a mesma: atrair novos interessados e potenciais clientes.

3. Você constrói um relacionamento com seu público

A partir do momento que seu conteúdo começa a se destacar perante os outros, o seu público entende que pode retornar sempre que precisar sanar alguma dúvida.

Assim, os usuários confiarão no que você publicar. Além dessa fidelização, eles também compartilharão para outros amigos interessados.

Pronto para aplicar esta estratégia no seu negócio?

O tráfego orgânico é uma ação muito bem-vinda para quem trabalha com marketing digital. Com a estratégia é possível atrair novos visitantes e se tornar uma verdadeira referência dentro do nicho de atuação.

No entanto, lembre-se de que o tráfego orgânico requer tempo, pois é uma estratégia de longo a médio prazo. Se você precisa de resultados instantâneos, talvez valha a pena pensar em outras possibilidades.

Quer saber, de fato, como o SEO pode ser fundamental para aumentar o tráfego orgânico? Veja como essa estratégia pode te levar para as primeiras posições do Google!

Se você precisa de ajuda para criar e vender seus produtos digitais, então entre em contato conosco pelo link abaixo:
>> https://samadhidigital.com.br/contato/

Marketing para o Pinterest: Fonte de tráfego Exponencial

Marketing para o Pinterest é uma boa estratégia para Produtores e Afiliados?

Essa é uma pergunta comum, principalmente porque muitas pessoas ainda têm dúvidas sobre o potencial da rede social.

Se você ainda tem dúvidas se vale a pena, vamos conferir os números?

Em 2016, o Pinterest alcançou a marca de mais de 100 milhões de usuários ativos mensalmente. Já no fim de 2020, esse número superava os 400 milhões!

Mas se você é um empreendedor digital e não sabe nem por onde começar a sua estratégia de marketing no Pinterest, não se preocupe.

Neste post você vai aprender a fazer uma estratégia relevante e a transformar seus pins em uma ótima estratégia de vendas. Confira!

O que é o Pinterest e como ele funciona?

O Pinterest é uma rede social de compartilhamento de imagens lançada em 2010.

Desde o seu lançamento, muitas funcionalidades foram incluídas e adaptadas e, o que antes era visto apenas como um mural de fotos bonitas, hoje é uma plataforma cheia de oportunidades para negócios e empreendedores!

Nela, você consegue salvar, em diferentes boards, os mais diferentes tipos de imagens. Nesses boards, você pode reunir desde fotos de roupas, de paisagens e destinos turísticos, a fotos de pratos e receitas, de músicos, atletas, pôsteres de filmes, o que você quiser.

Se lembra de quando você salvou uma imagem para usar como referência para mais tarde?

Esse é o princípio do Pinterest, mas, em seu acervo, as imagens são muito bem trabalhadas, tornando o ato de colecioná-las em um verdadeiro vício para os usuários.

E isso cria inúmeras oportunidades para quem quer divulgar e vender um produto digital.

Imagine promover um ebook com receitas italianas pelo Pinterest. Você poderia montar um quadro com várias receitas diferentes, por exemplo, e no meio das receitas divulgar o seu ebook.

Por que investir no marketing para Pinterest?

Dados sobre a audiência do Pinterest mostram que 97% das pesquisas feitas não têm marcas definidas e 80% dos usuários semanais descobriram novas marcas ou produtos na rede social.

Essa pode ser uma excelente oportunidade para você sair na frente da concorrência e chegar primeiro aos usuários!

Quando as pessoas buscam algum conteúdo no Pinterest, geralmente estão atrás de algo bem específico:

  • decoração para casa nova ou para renovar ambientes;
  • ajuda para uma produção no estilo “faça você mesmo” (DIY);
  • receita de algo que querem fazer em breve;
  • dicas sobre um determinado assunto e muitas outras possibilidades!

Se você chega até a sua audiência exatamente no momento em que ela está buscando referências para resolver problemas ou iniciar um projeto, concorda que as chances de chamar atenção são bem altas?

Vamos supor que você venda um curso online de jardinagem.

O seu público entra no Pinterest e pesquisa “dicas para jardim” ou “jardim em casa”, por exemplo, e uma das primeiras imagens que aparece é um conteúdo seu! É uma super oportunidade, né?

Dizem por aí que uma imagem vale mais do que mil palavras… No caso do Pinterest, é exatamente essa a aposta!

Como criar uma conta no Pinterest?

Para criar a sua conta no Pinterest, acesse https://br.pinterest.com/ ou baixe o aplicativo para Android ou iOS.

Escolha a opção “Criar uma conta business”, já que o foco será divulgar o seu negócio.

marketing_para_o_pinterest_1

Se já tiver uma conta pessoal, você também pode conectá-la a um perfil comercial acessando as configurações.

Preencha suas informações pessoais e os dados do seu negócio. Depois, você terá que responder algumas questões, como “qual é o foco da sua marca” e “quais são os seus objetivos”.

marketing_para_o_pinterest_2

Não se preocupe se ficar com alguma dúvida nessa hora, porque dá para alterar as respostas depois.

Por último, a rede social pede que você defina quais serão os seus primeiros passos e, se a sua ideia é vender, o mais indicado é selecionar “Exiba sua marca”.

Complete o cadastro e pronto! Você já pode começar a usar a sua conta para fazer marketing digital no Pinterest!

Quais os recursos do Pinterest Business?

Ao criar uma conta de negócios no Pinterest, você tem acesso a uma série de recursos exclusivos e bastante úteis para divulgar uma marca e seus produtos.

Abaixo, você confere alguns deles:

Botão Salvar para sites

Você já viu o ícone do Pinterest nas imagens em algum site ou blog? Esse é o botão Salvar, um recurso muito prático que você pode usar para engajar os usuários na sua conta do Pinterest.

Basta instalar o botão para que ele apareça nas imagens do seu site comercial. Assim, os visitantes podem simplesmente clicar no ícone que aparecerá nas fotos e salvar em suas contas pessoais.

Rich Pins

Os pins comuns incluem o título, a legenda e o links das imagens. Já nos rich pins você pode incluir mais informações relevantes para a persona, como preço do produto, disponibilidade e link de compra.

O recurso é gratuito e está disponível apenas para perfis comerciais.

Shop the Look

Principalmente influenciadores de moda e negócios dessa área usam o recurso Shop the Look para chegar a ainda mais pessoas e agilizar a jornada de compras.

Ao usar a ferramenta, você pode publicar a imagem dos seus produtos e marcá-los para que os usuários cliquem no que gostaram e sejam direcionados do Pinterest para o site da sua marca!

Depois, é só finalizarem a compra. Prático e rápido!

Pincode

O pincode funciona como um QR code que pode ser usado em materiais impressos, como cartões e folders, ou junto a produtos na loja física, em eventos ou até nas embalagens dos seus produtos.

Ao escaneá-lo com o celular, o usuário será direcionado para a sua pasta no Pinterest, onde você pode compartilhar inspirações e dicas relevantes para a sua audiência!

Essa é uma ótima maneira de engajar as pessoas e fortalecer a sua autoridade no nicho de atuação.

Pinterest Lens

Já o Pinterest Lens permite a busca por meio de imagens do mundo físico.

Em vez de usar uma palavra ou termo para encontrar o que quer, o usuário pode acessar a câmera do aplicativo e fotografar o que está vendo para que a rede mostre referências e opções semelhantes.

Essa opção pode não ser tão focada no que você pode fazer pelo seu negócio no Pinterest, mas é um recurso interessante para melhorar a experiência dos usuários e direcioná-los exatamente para o que estão procurando.

Assim, a sua persona pode usar esse recurso para chegar até o seu produto!

Pinterest Ads

O Pinterest Ads chegou recentemente ao Brasil, mas, por enquanto, está disponível apenas para algumas empresas que estão iniciando essa parceria.

Assim como as ferramentas focadas em anúncios de outras redes sociais, o objetivo é fazer com que as pessoas encontrem as marcas anunciantes com mais facilidade.

Como fazer marketing no Pinterest?

Com tantos recursos disponíveis e cada vez mais pessoas interessadas na rede social, que tal criar a sua estratégia de marketing para Pinterest?

Veja o passo a passo para começar!

1. Defina um objetivo

Comece definindo o que você quer alcançar com o seu perfil comercial.

O foco pode ser em fortalecer o engajamento da audiência com a sua marca, melhorar o alcance ou aumentar a conversão, por exemplo.

2. Conheça a sua persona

Saber exatamente quem você quer alcançar é fundamental não apenas para uma estratégia no Pinterest, mas em qualquer canal!

Conheça bem a sua persona, suas atividades, interesses e dores para conseguir atraí-la com os seus conteúdos e alcançar o objetivo definido no passo anterior.

3. Elabore um calendário editorial

Estamos falando de uma rede social com alto potencial de engajamento, mas não basta publicar lá raramente e esperar que os resultados apareçam.

Ao criar conteúdo para redes sociais, independentemente da rede, é essencial ter um calendário editorial para ter consistência nas publicações e, assim, engajar e conquistar as pessoas.

4. Seja criativo e capriche no visual

O Pinterest tem muitos artistas, marcas, pessoas e negócios compartilhando os mais diversos conteúdos visuais para atrair a atenção das pessoas. Para se destacar no meio de outros perfis, abuse da criatividade!

Pense em imagens, boards e pins diferenciados, que contem a história da sua marca e sejam exatamente o conteúdo que a sua audiência gosta de consumir.

E não se esqueça de focar na qualidade das imagens, afinal, elas serão o principal atrativo!

5. Organize as pastas de pins com palavras-chave

Não dá para fugir do poder das palavras-chave!

Por isso, use esse recurso também no Pinterest para organizar as suas pastas por categorias.

Isso ajuda a contar para as pessoas quais são os temas trabalhados no seu perfil, mas não é só isso! Os mecanismos de busca também usam essas palavras-chave para rastrear o seu perfil e mostrá-lo como resultado nas pesquisas.

6. Prepare as imagens do seu site

Lembra do Botão Salvar? Use esse recurso para fazer o marketing no Pinterest a partir do seu site!

Para fazer isso, considere as preferências do público na hora de incluir novos conteúdos visuais no seu site.

Conteúdos verticais, infográficos com informações relevantes e chamativas e imagens de alta qualidade são muito apreciados!

Invista nesses tipos para incentivar que os visitantes da sua página salvem as imagens e alimentem a presença da sua marca no Pinterest.

7. Integre o Pinterest a outros canais

Se você já tem uma presença consolidada em outro canal, como Instagram, blog ou Facebook, use o seu perfil para atrair as pessoas para suas pastas do Pinterest!

Compartilhe os conteúdos, divulgue seus pins e pastas. O objetivo dessa estratégia é atrair pessoas que já acompanham e gostam dos seus conteúdos para um novo formato de interação e, claro, atrair também novas pessoas.

Como criar o seu próprio board para atrair tráfego?

No Pinterest, você pode salvar conteúdos de outras pessoas ou imagens compartilhadas por perfis do seu interesse, mas a melhor estratégia para o seu negócio é inserir as suas próprias imagens!

Você pode compartilhar infográficos, fotos e tutoriais sobre o produto que está promovendo, por exemplo.

Esse é o melhor caminho para você começar a levar os usuários do Pinterest do seu nicho para o seu site, uma vez que é possível inserir Hotlinks nas imagens que você faz upload.

Como inserir uma imagem de sua autoria no Pinterest?

Para inserir uma imagem no Pinterest é preciso ter uma conta na rede social para empresas. O processo para transformar a sua conta pessoal em uma conta business é gratuito e muito simples.

Acesse https://business.pinterest.com/pt-br e clique em “Convert Now”. A partir desse ponto, você já consegue adicionar aos seus boards imagens de sua autoria e que levem o usuário à sua oferta.

Clique no sinal de + na parte superior do Pinterest para adicionar a sua imagem, fazendo o upload ou simplesmente inserindo a URL.

Nesse momento, é importante inserir no nome da imagem os termos que provavelmente serão pesquisados pela sua persona, ok?

Qual tipo de conteúdo tem melhor resultado no Pinterest?

Você deve estar pensando em como deve ser difícil produzir imagens tão bonitas quanto as que estão no Pinterest.

A boa notícia é que, no caso de produtos digitais, o melhor tipo de postagem é aquele que tem algum conteúdo. Por isso, os infográficos são uma ótima opção para os empreendedores da Hotmart!

Os infográficos são imagens que concentram dados, facilitando a leitura e deixando o conteúdo mais atrativo. No final desse post, há um exemplo de infográfico que chama muita atenção na rede social.

Se você está divulgando um curso de jardinagem, por exemplo, além de criar boards com fotos dos jardins, você pode criar um infográfico com dicas sobre o tema.

E o mais legal é que já existem sites que disponibilizam templates para você criar o seu próprio infográfico para inserir no Pinterest.

Usar o Pinterest funciona para qualquer tipo de negócio digital?

Muitos Produtores e Afiliados têm dúvidas se vale a pena produzir conteúdo para o Pinterest.

A resposta depende principalmente do seu nicho de atuação e da persona.

Temas como moda, decoração, saúde e culinária têm maior público e, segundo o Pinterest, mais de 60% do público global de usuários são mulheres.

No entanto, o número de usuários homens e da Geração Z aumenta 40% por ano, segundo o próprio Pinterest!

Pensando nesses dados e nas características do seu negócio, fica mais fácil entender se há espaço e demanda para os seus conteúdos no Pinterest.

Como atrair mais pins para os seus boards?

Os pins são como os usuários salvam as imagens do acervo do Pinterest em seus boards. Por esse motivo, ter imagens com muitos pins mostra que houve um grande interesse no seu conteúdo.

Quando você passa a ter postagens e boards com muitas visualizações, consegue levar esses usuários para o seu site, convidando quem interage com o seu conteúdo a saber um pouco mais.

Para potencializar os seus resultados, conversei com Jéssica Cirino, que, além de fazer parte da nossa equipe, possui mais de 171 mil seguidores no Pinterest. Pedi algumas dicas de como nossos usuários podem aproveitar melhor os recursos da rede e transformá-la em uma excelente fonte de tráfego. Vamos lá?

1. Faça imagens claras para o artigo do seu blog

Essa dica é para quem trabalha com artigos em blog. Como disse, é possível inserir suas próprias imagens e usar o link para levar o usuário da rede social para o seu site.

Uma forma simples de começar, é inserir em seu board uma imagem com títulos diretos e chamativos que despertem interesse em ler todo o artigo que está em seu site.

2. Poste dicas e conselhos úteis

O Pinterest é uma rede social com muito conteúdo de alta qualidade, por esse motivo, para conseguir bons resultados em seus boards, é necessário que você invista em informações realmente práticas.

Aproveite todos os dados que o Pinterest te oferece!

Ao migrar o seu Pinterest para o perfil de negócios, uma série de informações é disponibilizada para você. Assim, você vai ter acesso às estatísticas e descobrir o que os seus seguidores mais gostam de ver. Depois, é só replicar o mesmo tipo de conteúdo, otimizando a sua estratégia.

3. Aproveite o excelente acervo do Pinterest

Sei o quanto é trabalhoso criar várias imagens e infográficos, por esse motivo, use o acervo de outros usuários para dar pins e criar boards com muito mais conteúdo.

4. Crie e participe de boards colaborativos.

Ao criar e participar de boards colaborativos, você investe em relacionamentos dentro da rede, aumenta a quantidade de pessoas que veem o seu conteúdo e consegue crescer mais rápido entre os usuários mais influentes.

5. Explore os diferentes tipos de pins para o seu conteúdo

Existem seis tipos diferentes de Pins Avançados:

  1. Pins de apps, que levam direto para download de aplicativos, sem sair do próprio Pinterest.
  2. Pins de Lugares, que incluem mapa, endereço e telefone de contato.
  3. Pins de Artigos, que incluem título, autor e descrição, ajudando quem utiliza a plataforma a encontrar artigos e histórias relevantes.
  4. Pins de produtos, que incluem preço atualizado em tempo real, disponibilidade e local para compra.
  5. Pins de receitas, com ingredientes, tempo de preparo e quantidade de porções servidas.
  6. E, por fim, Pins de filmes, com elenco, classificações e sinopses das obras.

Como acompanhar os resultados com o Pinterest Analytics?

Não dá para falar de uma estratégia de marketing digital sem falar de métricas, né?

Para acompanhar a sua estratégia e saber o que está dando certo, use a ferramenta de análise de dados do Pinterest!

No Pinterest Analytics você terá acesso a métricas como:

  • número de impressões;
  • taxa de engajamento;
  • cliques no link;
  • pins salvos;
  • visualizações de vídeo;
  • informações sobre o público;
  • visualizações mensais.

Você pode usar os filtros da ferramenta para analisar um período específico, focar apenas no conteúdo orgânico ou pago, saber qual é o dispositivo usado para acessar os seus pins, entre outros detalhes.

Se quiser, ainda dá para exportar os dados filtrados para você fazer uma análise mais longa e detalhada de cada uma das métricas.

Para acessar os seus dados, basta entrar na conta business e clicar em Analytics no canto superior esquerdo.

Pinterest e Hotmart: como a rede social pode te ajudar a vender?

Você viu que o Pinterest é uma excelente oportunidade para diversos nichos da Hotmart.

Aprendeu também que investir em infográficos e conteúdos de qualidade é um dos caminhos para transformar seguidores em tráfego para o seu site.

Para finalizar esse post, nada mais justo que aprender também como funciona uma estratégia de atração de tráfego no Pinterest, com um infográfico que você já pode compartilhar em seu board e começar a atrair usuários para a sua conta!

marketing_para_pinterest

A disponibilização de recursos cada vez mais focados nos negócios tem transformado o Pinterest em uma rede social bastante estratégica e atrativa para quem quer conquistar a audiência e se destacar dos concorrentes.

Com tantas empresas e empreendedores investindo em marketing no Pinterest, não dá para ficar de fora e arriscar perder engajamento e espaço, hein?

Continue aprendendo sobre a rede e veja como usar o Pinterest para vender os seus produtos digitais!


Este post foi originalmente escrito em janeiro de 2017 e atualizado para conter informações mais completas e precisas.

Se você precisa de ajuda para criar e vender seus produtos digitais, então entre em contato conosco pelo link abaixo:
>> https://samadhidigital.com.br/contato/