dicas-producao-de-conteudo

Como dar aulas gratuitas na internet pode aumentar suas vendas?

Entenda porquê é importante produzir material rico e gratuito para sua audiência.

A essa altura é provável que você já tenha ouvido como Marketing de Conteúdo pode ajudá-lo a aumentar as vendas de um negócio. Porém, há pouco material por aí que entra no mérito de como aulas gratuitas vão lhe ajudar. Por isso, resolvemos elaborar um guia completo do que é preciso fazer para criar um curso online e de como ele impactará suas vendas.

Ao longo do artigo a seguir, você entenderá o que é Marketing de Conteúdo, como fazer um curso online e oferecer aulas gratuitas, bem como os tipos de benefícios que essa empreitada lhe oferecerá. Além disso, verá alguns números que, definitivamente, o farão pensar sobre o assunto.

Vamos lá?

O que é Marketing de Conteúdo?

Vamos ser o mais breve possível neste tema, mesmo porque há aqui no blog uma postagem de fácil compreensão sobre o que é Marketing de Conteúdo. Entretanto, precisamos falar pelo menos um pouco do assunto para que você entenda exatamente onde queremos chegar.

O Marketing de Conteúdo é uma iniciativa promocional que se difere do marketing tradicional em alguns aspectos:

  • Sua abordagem estratégica gira em torno da geração de valor;
  • Esse valor é gerado pela criação de conteúdo exclusivo;
  • É a distribuição desse conteúdo que funciona como instrumento promocional; e
  • Ele é sempre voltado para nichos de mercado que tenham tudo a ver com o que seu negócio comercializa.

Para se ter uma ideia, o Marketing de Conteúdo é usado por empresas como a Microsoft, ou seja, isso é o bastante para que você saiba que ele funciona e pode trazer resultados ótimos.

Agora, vamos conhecer os três benefícios de longo prazo que essa estratégia pode trazer para uma organização:

  1. Mais vendas;
  2. Menos custos ao divulgar produtos e serviços; e
  3. Uma fidelização maior dos consumidores.

Porém, ainda não definimos exatamente o que constitui tal iniciativa de marketing.

Produzir conteúdo é entender com quem uma empresa fala e quais são suas necessidades para, daí, investir na criação de peças que não são, necessariamente, feitas para vender seu peixe. Elas entregam para uma persona informações que lhe são valiosas e fazem com que ela fique interessada nas soluções que você vende.

Todavia, seria pecado falar que Marketing de Conteúdo resume-se a isso. Há algo muito peculiar na maneira como ele funciona.

Content Marketing, como também é chamado, sempre encontra o meio mais adequado para transmitir uma mensagem, e este sim é um de seus maiores diferenciais.

Um dos formatos que esse marketing utiliza é a criação de aulas gratuitas. E não é difícil de entender sua motivação. Um curso online atrai um público específico, gera montanhas de valor e cria espaço para que um negócio familiarize um certo grupo de pessoas com suas soluções.

Você deve estar se perguntando agora como funciona a criação de um curso online. É que, talvez, você não acredite que alguém pouco acostumado com a arte de lecionar possa realmente se beneficiar disso.

O que mostraremos, a seguir, é que criar e distribuir aulas gratuitas é o tipo de conhecimento que se pode adquirir. E acredite: há bons motivos para fazer isso.

Como criar um curso online?

Não diremos aqui que criar e distribuir aulas gratuitas é a coisa mais fácil do mundo. Essa tarefa consumirá seu tempo, exigirá muita pesquisa e testará sua capacidade de encontrar o nicho ideal. Sem ele, será difícil que seu curso funcione como um multiplicador das vendas.

Mas o passo a passo a seguir ajudará. Todas as etapas selecionadas aqui conquistaram seu lugar em nossa lista porque aumentam as chances de suas aulas gratuitas darem certo.

1. Descubra se já existe um curso como o seu

A primeira coisa que devemos fazer quando nossa intenção é criar algum tipo de conteúdo é pesquisar se ele já existe por aí. Todavia, o segredo que quase ninguém lhe conta é que, se a resposta for positiva, melhor.

Você pode pensar que encontrar um curso sobre o mesmo assunto que suas aulas gratuitas debaterão é um problema. O que geralmente não passa por nossa cabeça é que isso é um indicador de demanda.

Se você tem uma ideia para um curso que jamais foi executada, há grandes chances de que ninguém queira fazê-lo. É que, por mais que você tenha certeza de que as pessoas desejam aquilo que você pretende vender, isso não é evidência.

A internet é um espaço enorme, no qual produtos e serviços são comercializados livremente. Caso alguém realmente queira algo, é quase certo que isso já existe.

Atrair atenção para aulas gratuitas diferenciadas, voltadas para um grupo de pessoas que já demonstrou interesse em fazê-las, aumenta suas chances de obter sucesso. Por isso, pesquise se sua ideia já foi executada, e fique feliz se a resposta for sim.

2. Seja generalista e, depois, torne-se um especialista

Agora que você já achou o tipo de aula online que gostaria de criar, é hora de se preparar para oferecê-la.

Temos outra ótima notícia para lhe dar: não ser um especialista pode ser uma vantagem.

Veja que não estamos falando que isso é motivo para não estudar o tema. Mas é que, quando conhecemos muitíssimo bem um assunto, raramente, temos noção de como abordá-lo.

Aulas gratuitas atingem, principalmente, um grupo de pessoas que ainda não está pronto para investir mais do que seu tempo em um conhecimento. Isso significa que, pouco tempo atrás, elas eram tão iniciantes quanto você é agora.

Desconhecer um tema fará com que você consiga formular as dúvidas mais comuns sobre ele, o que dará ao seu curso uma vantagem em relação aos outros que existem na internet.

Enquanto você tenta descobrir as respostas, faça anotações de tudo que lhe intrigou sobre o tema. São essas anotações que o ajudarão a criar aulas realmente únicas.

Agora, se o tema de seu curso é algo que você já domina, não há nenhum problema nisso. Você terá apenas que fazer o caminho inverso. Encontre fóruns e grupos de discussões para iniciantes e descubra o que os intriga sobre o assunto.

Aulas online são uma forma de estabelecer autoridade e é isso que fará com que você venda mais.

3. Direcione suas aulas para pequenos grupos

Não é distribuindo aulas online para grandes grupos de pessoas que você conseguirá os melhores resultados. Pelo contrário, quanto menores forem os nichos atingidos, maiores são as chances de seus alunos se converterem em consumidores.

Um dos princípios do Marketing de Conteúdo é a busca por leads qualificados. Esses leads, geralmente, compõe grupos menos vultosos do que gostaríamos. A grande diferença é que eles estão prontos para se tornarem consumidores.

Por isso, molde seu curso em torno das características que definem seu público atual. Feito isso, identifique a melhor forma de criar um curso online e dê início ao trabalho!

Por que oferecer aulas gratuitas?

Todos os conhecimentos que citamos agora são tão úteis para criar aulas gratuitas ou aulas pagas. Nada mais justo do que diferenciarmos o motivo para investir nas primeiras.

Em uma frase: porque Marketing é mais do que publicidade.

Colocar anúncios é uma forma de fazer um negócio vender mais, mas investir em estratégias diferenciadas pode resultar em efeitos melhores. Por isso, nosso foco aqui foi o Marketing de Conteúdo.

Oferecer aulas gratuitas para clientes em potencial, sejam elas relacionadas ou não a seus produtos e serviços, é uma maneira de gerar interesse neles.

Da mesma maneira como algumas instituições de ensino oferecem aulas experimentais para despertar o interesse das pessoas, aulas gratuitas na internet têm o mesmo efeito.

Mais do que entregar blog posts e relatórios, sua plataforma online pode ser alavancada com cursos. Eles reterão a atenção de seu público-alvo por mais tempo, criarão um relacionamento contínuo com ele e estabelecerão sua autoridade como nenhum outro meio.

Quais são as expectativas de retorno?

Em 2014, de acordo com a Forbes, o mercado para cursos online já abocanhava uma fatia de 57 bilhões de dólares. Em 2015, esse número subiu para 157 bilhões. Mas as figuras acima, no geral, dizem respeito aos cursos pagos.

O que pode ser esperado ao criar aulas gratuitas e distribuí-las com o objetivo de aumentar suas vendas?

Recentemente, várias empresas têm investido em aulas gratuitas para integrar melhor seu marketing. Pense, por exemplo, em tutoriais de como utilizar um produto oferecidos por seus criadores. Essa é apenas uma das maneiras como cursos online podem ajudar um negócio a vender mais.

De fato, 81% dos entrevistados pela BlueVolt acreditam que seus empreendimentos conseguem obter mais lucros ao oferecer aulas gratuitas.

O principal motivo disso é que, quando uma marca cria conteúdo altamente qualificado, ela tem controle da mensagem. De maneira consistente, pode guiar o usuário pelo funil de vendas e se beneficiar do que há de melhor no Marketing de Conteúdo.

Do ponto de vista financeiro, o custo de se produzir aulas online é facilmente recuperado com o aumento das vendas e da fidelização. E, embora a estratégia seja nova e ainda não existam muitos dados sobre ela, os que existem são animadores.

Broan-NuTone, uma empresa americana que produz objetos como campainhas e sistemas de automação domésticos, é uma das que viram suas vendas crescerem com a técnica. Eles foram capazes de atingir mais parceiros de venda e de reduzir, simultaneamente, os custos de se treinar pessoal.

Usuários finais também se beneficiam com aulas gratuitas. Elas podem convencê-los da necessidade de adquirir um bem ou serviço, instruí-los sobre o que estão comprando e aumentar o engajamento pessoa-marca. Por isso, investir em aulas gratuitas é uma grande ideia para quem deseja vender mais.

Bom, agora você já sabe que oferecer cursos online são uma ótima forma de produzir conteúdo para a web. Então, se você quiser se beneficiar das aulas gratuitas, terá de aprender como fazer essa produção de conteúdo muito be

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *