cursos-online-lancamentos

Como evitar que seu curso online se torne irrelevante

Um dos grandes desafios na hora de criar um curso online é conseguir desenvolver um material que, além de ser necessário para quem comprá-lo, não se torne obsoleto rapidamente.

Essa preocupação não é em vão. Afinal, ninguém quer investir seu tempo para criar um material que, em pouco tempo, deixe de ser interessante para sua audiência.

Se você tem algo para ensinar e já decidiu que quer compartilhar seu conhecimento em forma de produto digital, provavelmente pensa em escalar seu negócio.

Neste post, vamos mostrar 9 dicas para te ajudar a manter seu produto sempre atual:

Ao final deste texto, temos certeza de que você fará o necessário para não criar um curso online obsoleto.

A era do descartável

Você já sabe que o ritmo de transformação do mundo está cada vez mais rápido.

As mudanças são percebidas desde bens de consumo, como celulares e computadores, até   no mercado de trabalho, e isso é ainda mais perceptível quando falamos da área digital.

É muito fácil perceber a obsolescência das coisas quando pensamos em produtos físicos.

Por exemplo:

Se você compra um aparelho celular hoje, é bem provável que ele já seja considerado ultrapassado daqui 1 mês.

Mas não pense que esse é um problema apenas para esse tipo de mercadoria. É possível que existam cursos online que passem por um dilema parecido.

No mercado digital, isso acontece porque há nichos bem competitivos que são constantemente explorados por pessoas diferentes. O resultado disso é uma alta quantidade de produtos digitais sobre os mesmos temas e que, às vezes, apresentam até uma estrutura e conteúdo parecidos.

É claro que mais de uma pessoa tem conhecimentos sobre uma determinada área e que, por esse motivo, vão existir produtos diferentes sobre o mesmo assunto.

Não estamos querendo dizer que você precisa inovar a ponto de criar algo totalmente fora do comum. Há outras alternativas para esse problema, como explorar micro nichos.

Além disso, um curso nunca será igual ao outro, já que são duas pessoas completamente diferentes que darão as aulas.

O problema que queremos mostrar é que estamos vivendo na era do descartável, e tudo que não é visto mais como necessário e atual é rapidamente esquecido.

O que fazer, então, quando você percebe que seu curso online está desatualizado se comparado com outros conteúdos do seu nicho?

Será que o segredo é procurar novas áreas de atuação?

Apesar das novidades constantes, você não precisa se desesperar.

O que você precisa fazer é desenvolver as seguintes atitudes:

1. Nunca pare de estudar

Quando você decidiu o tema de seu curso online, com certeza pesquisou muito ou até mesmo já era uma autoridade naquele assunto.

Independentemente de qual tenha sido seu caminho, você estudou muito para conseguir criar todo seu material.

Depois que o curso foi criado e vendido, muitas pessoas acreditam que o trabalho está terminado.

Porém, se você tem alunos bem engajados e uma audiência que ainda não comprou seu produto, mas que se mostra cada vez mais interessada no que você tem para ensinar, precisa continuar estudando para não ficar para trás.

Lembra que falamos como tudo está em constante desenvolvimento?

Esse é o principal motivo para não deixar de se atualizar, mesmo se você acredita já saber tudo sobre seu nicho.

Quando você tem um público que segue fielmente seu trabalho, é bem provável que ele tenha dúvidas e queira tirá-las com você.

Quanto mais informações você tiver, maiores são as chances de conseguir atender melhor as pessoas que buscam soluções em seu produto ou canais de comunicação, como blog e sites.

2. Atualize seu conteúdo sempre que necessário

A segunda dica para não criar um curso online obsoleto tem muita ligação com a primeira.

Quanto mais você estuda, mais aprende. Por isso, consegue perceber melhor as brechas no conteúdo que você não tinha visto antes.

Se você percebeu que tem alguma informação que foi pouco detalhada em seu produto ou até mesmo que esqueceu de abordar algum tópico, não fique com medo de fazer pequenas mudanças em seu material.

Mas é claro que, para isso, você precisa informar seus alunos sobre as modificações.

Uma dica é você criar módulos extras ou até mesmo materiais complementares, como um ebook, por exemplo, para abordar aquilo que faltava.

Informações complementares são sempre bem-vindas. Essa é, inclusive, uma maneira de encantar seus clientes, manter o relacionamento com eles e, quem sabe, despertar o desejo de uma nova compra quando você lançar outro curso.

Ao disponibilizar o que você tem de melhor para seus alunos, além de ajudá-los a encontrar soluções, também melhora suas experiências com seu curso.

Com isso, eles podem até mesmo tornarem-se embaixadores de sua marca e indicar seu produto para outras pessoas.

3. Fique de olho na concorrência

Mesmo que seu curso online seja considerado o melhor de seu nicho, é sempre bom ficar de olho na concorrência.

Quando você tem uma ideia clara do que outras pessoas de sua área estão fazendo, consegue pensar melhor em estratégias para sair na frente e se destacar.

Além disso, pessoas diferentes de você criam produtos diferentes.

Quando você vê um outro curso de sua área, mas com olhos de análise e não de quem produziu, é capaz de perceber o que aquele material tem de diferente do seu.

Essa pode ser uma maneira de encontrar algum detalhe que você possa melhorar em seu curso online.

Mas tome muito cuidado ao fazer essa análise!

O objetivo aqui não é copiar o que outras pessoas estão fazendo e muito menos abordar certos temas só porque um produto mais novo abordou.

Mesmo porque, se você fizer exatamente o que sua concorrência faz, você estará plagiando um conteúdo, o que é considerado até mesmo crime.

4. Analise as críticas

Você sabe que é impossível agradar a todos com um mesmo conteúdo. Quando pensamos em cursos online, isso também acontece.

Por esse motivo, é certo que você receberá críticas ao longo de sua jornada como Produtor.

É claro que algumas críticas não devem ser levadas em consideração, principalmente aquelas que são voltadas para áreas pessoais. Mas há alguns feedbacks que podem te ajudar a ter novas ideias e fazê-lo perceber alguns problemas que você pode não ter visto antes.

Nesse caso, o que você pode fazer para não criar um curso online obsoleto é analisar bem todos os comentários que foram passados e utilizar aqueles que forem críticas construtivas.

A partir disso, pense em maneiras de melhorar o que as pessoas apontaram.

5. Preocupe-se com a experiência do aluno

Em um mundo tão voltado para a tecnologia, “empatia” é a palavra da vez para quem quer se destacar.

Isso significa que você deve sempre se colocar no lugar do outro que, em um curso online, é o seu aluno.

Assim, você consegue entender o que a pessoa possivelmente está sentindo ao comprar e fazer seu curso e, a partir disso, pode propor melhorias em seu produto para aprimorar a experiência de seu usuário.

Em questão de tecnologia, para que seu curso nunca fique desatualizado, preocupe-se sempre com a usabilidade do aluno:

  • A plataforma EAD escolhida para hospedar seu curso online é ideal para seus usuários?
  • Os alunos têm facilidade para encontrar respostas sempre que surgem dúvidas?
  • Você utilizou design responsivo?
  • É fácil localizar o acesso para as aulas?
  • Você explorou o máximo de tecnologias educacionais em seu produto?

Além dessas perguntas, pense em outras que você pode fazer para ter certeza de que está dando o seu melhor para garantir uma boa experiência para seu usuário.

6. Invista em treinamentos e eventos

Sabe quando as pessoas falam como é importante ter doses diárias de encorajamento?

Treinamentos e eventos de sua área de atuação podem ser ótimos para isso.

Há diversas programações para quem está no mercado digital, e você não deveria ficar de fora delas.

Quando você vai a eventos, acaba conhecendo pessoas que atuam no mesmo mercado que você.

Com isso, você pode ter novas ideias para seu curso online, além de fazer contato com pessoas que possam ser seus parceiros futuramente (falaremos mais sobre parcerias na próxima dica).

Fique sempre de olho nos treinamentos e eventos ao seu redor e não tenha medo de investir em alguns deles. Escolha aqueles que você achar mais interessantes para seu negócio.

 

7. Trabalhe de modo cooperativo

Como dissemos na dica anterior, conhecer pessoas novas é sempre bom. Mas, além de conhecê-las, é importante você tentar estabelecer algumas parcerias.

É claro que, se você quiser, pode trabalhar sozinho.

Porém, se você tiver pessoas que te apoiam e dão novas ideias, é possível que você consiga atualizar seu curso online sempre que necessário.

8. Aprenda a se adaptar

Lá no início deste post, nós falamos sobre como o mundo tem mudado rapidamente, principalmente no que diz respeito à tecnologia.

O caminho para conseguir acompanhar todas essas mudanças é aprender a se adaptar sempre que necessário.

Tenha em mente que não aparecerão apenas novas oportunidades para você, mas também novos desafios, e é seu dever conseguir superá-los.

Por isso, aprenda a adaptar seu modo de criar ou divulgar seu curso quando você sentir que é preciso fazer isso.

Um bom exemplo de adaptação é pensar em um mercado além do brasileiro.

Se você tem um produto que funciona bem aqui e já pesquisou e percebeu que ele também é muito procurado na Espanha, por exemplo, por que não tentar traduzi-lo para o espanhol?

Tente não limitar seus horizontes! Mas tome cuidado para não acabar perdendo o foco e tentar fazer mais do que você consegue.

9. Planeje seu futuro

Para finalizar, nossa última dica para te ajudar a não criar um curso online obsoleto diz respeito a você.

Quem é você agora e quem você quer ser daqui 5 anos?

Quais são os objetivos que seu curso online tem agora e quais são os objetivos que você quer que ele atinja futuramente?

Seu curso será útil para alguém que quiser comprá-lo daqui 10 meses ou 10 anos?

Pensar no futuro, seja ele próximo ou distante, é fundamental para entender o que você precisa fazer para que seu produto não fique ultrapassado.

Depois disso, defina as ações que você precisa fazer para que seu curso seja procurado nos próximos anos e não se esqueça de ter sua persona como o principal motivador para as melhorias de seu curso.

Ainda tem dúvidas sobre criação de cursos online?

Entre em contato conosco 11 96495-9980.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × 5 =