Como vender por email? 7 Dicas Incríveis

Share This Post

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Um dos canais poderosos para venda na internet é o bom e velho email.

Como é um meio mais direto e necessário no dia a dia dos usuários, ele não só segue sendo utilizado por marcas que procuram promover seus produtos e serviços, como também ganha ainda mais valor quando o tema é marketing digital.

Quantas vezes você já acessou a sua caixa de entrada esta semana? Pode ser por conta do trabalho, de alguma newsletter ou apenas para saber o que anda acontecendo por aí: o contato das pessoas com esse canal segue forte e pode ser crucial para negócios que buscam mais conversões.

O email marketing, por meio do funil de vendas, consegue estreitar o relacionamento com clientes em potencial, além de despertar desejo, levar conteúdo relevante e dar a sensação de exclusividade aliada a gatilhos mentais assertivos e poderosos!

De acordo com a Statista, o número de usuários globais do email chegou a 4 bilhões e deve crescer para 4,6 bilhões até 2025.

É um número elevado, principalmente porque qualquer lugar que precise de um login ou cadastro, incluindo as redes sociais, necessita de um endereço de email.

Assim como um endereço físico, o endereço digital também é um “meio de localização online”, uma central para receber informações de outras pessoas ou empresas.

Esse contato mais direto e pessoal com o usuário fez com que empresas usassem essa ferramenta para divulgar e promover seus serviços e produtos, indo além dos sites e redes sociais.

Bateu o interesse em trabalhar o email marketing no seu negócio e ampliar as suas vendas? Então confira as 7 dicas infalíveis que separamos para você colocar em prática já!

1. Foco no cliente e na sua oferta de valor

O que o seu cliente necessita? Qual é a sua dor? Essas são perguntas que não devem ficar sem uma resposta.

O conteúdo do seu email deve ter foco total no cliente e nas soluções que o seu negócio pode oferecer a ele. É preciso oferecer uma proposta de valor e mostrar que ele não se cadastrou na sua base de contatos em vão!

Mensagens com foco em venda não podem ser rasas. Por que, em meio a tantas outras marcas no mercado, aquele usuário escolheria fechar negócio com a sua? Qual o benefício que a sua oferta entrega que é relevante para o cliente?

Tenha em mente todas essas questões na hora de formular um bom conteúdo com foco em vender por email.

2. Crie uma lista de emails de maneira orgânica

Nada de comprar listas prontas!

Existem muitos pontos negativos ao comprar uma lista de email pronta, como ter um público que não dialoga com o universo da sua marca, não ter nenhuma conexão com esses contatos, correr o risco de cair no spam e problemas legais que falaremos mais adiante.

Bom, não é um bom caminho para um negócio que quer ser bem visto e recebido por outras pessoas! Ninguém gosta de ter o seu contato vazado e nem de receber mensagens indesejadas.

O melhor caminho é sempre construir uma rede de contatos de forma orgânica e estratégica para que você aproveite ao máximo dela e consiga, enfim, vender por email.

Crie um produto digital e ofereça em troca dos dados de contato, coloque um formulário para newsletter no seu site ou blog e colete cada endereço de forma consentida. Você verá como esse público estará mais preparado para receber o seu contato.

3. Faça testes A/B

O teste A/B tem a função de analisar quais conteúdos são mais atrativos para a sua audiência e quais geram melhores resultados.

De forma bem simples, um teste A/B é quando duas mensagens semelhantes são enviadas, para medir qual delas se sai melhor.

As diferenças entre uma mensagem e outra podem ser sutis à primeira vista, como uma imagem, um título, o corpo do texto, um CTA, o lugar onde vai estar o link.

Esse é um método muito usado para aprimorar a estratégia de marketing digital e é uma forma mais concreta de enxergar o que está funcionando e o que precisa ser ajustado.

Atualmente, existem ferramentas de email marketing que disparam e coletam dados referentes aos testes A/B. Aproveite para fazer essas análises regularmente!

4. Aposte em emails personalizados

Todo mundo gosta de receber atenção e com o email essa recepção precisa ser boa o suficiente para que o usuário se sinta especial.

Sendo assim, conheça muito bem seu público e sua persona para criar um conteúdo cada vez mais personalizado e autêntico.

Crie títulos e incorpore o nome do usuário ao e-mail, segmente os leads de acordo com temas de interesse e deixe a mensagem mais empática e agradável. Isso aproxima seu público da marca, aumentando as taxas de abertura e conversões.

5. Mantenha a simplicidade

Menos é mais!

Com tanto conteúdo sendo fornecido na internet, é um desafio e tanto prender a atenção do internauta por alguns instantes. Por isso, procure criar mensagens objetivas, curtas e que sejam atrativas ao público logo nas primeiras palavras.

Não exagere nas divulgações do seu produto ou serviço. Saiba o melhor momento de fazer uma oferta e tenha sempre um bom diálogo antes de fazer a sua proposta. Use a naturalidade e fique longe dos excessos!

6. Acompanhe as métricas das suas campanhas de email marketing

Fique sempre de olho nas métricas dos seus emails enviados para conferir as taxas de abertura, cliques no link e conversões.

Se um email não foi tão bem assim, procure entender quais fatores contribuíram para esse resultado e como você pode melhorar esse cenário para os próximos disparos.

Mensurar dados é também estudar a sua audiência e aprimorar a sua estratégia de email marketing. Sem estudo não existe resultado e sem resultado não existe venda!

Esse é um trabalho que deve ser realizado constantemente. Só assim sua marca estará preparada para as mudanças do mercado digital e continuará progredindo. Nada de deixar as métricas de lado!

7. Evite SPAM

O SPAM prejudica os seus resultados e a sua reputação com o público, porém existe um agravante em enviar mensagens sem a permissão dos usuários.

Para receber o conteúdo da sua marca, a pessoa interessada precisa fornecer o email dela para a sua base de contatos.

Quando você compra listas, coleta emails sem consentimento ou dispara conteúdos indesejados, você fere as diretrizes da LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados), lei que garante a segurança no uso, compartilhamento e armazenamento de dados pessoais.

A imagem do seu negócio será afetada e, consequentemente, as vendas não terão bons resultados.

BÔNUS: aprenda técnicas de copywriting!

E aí vai uma dica bônus que vai contribuir (e muito) na conquista de novos clientes!

O copywriting é uma técnica de escrita persuasiva muito utilizada em páginas de vendas, mas não se engane: ela não se limita apenas a esse formato.

O email é um excelente canal para aplicar textos persuasivos que vão gerar mais conversões e vendas. Essa estratégia vai mudar a forma como você produz os seus textos, deixando seu conteúdo e seus produtos ainda mais irresistíveis.

Conteúdos Exclusivos

Você quer crescer seu negócio digital?

Fale conosco

error: Content is protected !!