Mídia digital: o que é, principais tipos e como usar

o que é mídia digital

Share This Post

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

O digital nunca esteve tão presente no dia a dia das pessoas. Uma prova disso é que 62% da população brasileira está ativa nas redes sociais, segundo a Digital in 2018: The Americas, relatório divulgado pelas empresas We are Social e Hootsuite.

O mesmo relatório ainda mostrou que 58% das pessoas já utilizaram a internet para buscar por um serviço ou produto na internet. Enquanto uma pesquisa realizada pela GlobalWebIndex, aponta o Brasil em segundo lugar no ranking de países que passam mais tempo em redes sociais.

Com esses dados, é fácil perceber que os canais digitais revolucionaram a maneira como as marcas se relacionam com o público. Como consequência, as mídias digitais se tornaram o foco de investimento em marketing de muitos negócios.

A mídia digital virou uma ferramenta importante e estratégica de marketing digital. Ou seja, entender o que é, quais são os principais tipos e como usar, acaba sendo valioso. Com isso, aconselho que você continue a leitura e entenda como isso pode ser bom para o seu negócio!

O que é mídia digital?

O conceito de mídia digital é a comunicação realizada por meio da internet. O que significa que publicações no Instagram ou Facebook, banners em sites e qualquer outro conteúdo disponibilizado na internet, são belíssimos exemplos de mídia digital.

Pode se dizer que as mídias digitais existem desde a década de 1970, quando a internet e os primeiros e-mails começaram a ser criados pelo mundo. No Brasil, o conceito de aplicação de mídia digital tem crescido muito nos últimos 20 anos, impulsionando diversos negócios nas mais diversas áreas de atuação.

Como a mídia digital corresponde a toda comunicação e/ou conteúdo divulgado na internet, contamos com várias estratégias, como o inbound marketing, para atrair o público e pessoas que têm interesse em adquirir seu produto ou serviço, os famosos “leads”.

Como essas mídias podem ser trabalhadas de várias maneiras, o mais interessante é que você, sendo empreendedor, desenvolva o mix de marketing de acordo com a sua persona.

Importante dizer que mídia digital não é a mesma coisa que mídia tradicional, considerando que as mesmas possuem tempos de resposta e formatos de produção e distribuição diferenciadas.

Sobre as mídias tradicionais, as mesmas são as que os negócios utilizam há séculos, como o jornal impresso, panfletos, cartazes, e no Brasil há pelo menos 70 anos, a televisão e o rádio.

Tempo de resposta no digital é mais rápido e existe uma maior proximidade com o consumidor. Além disso, a publicidade, com a mídia digital, “vira” publicidade online, ganhando um novo espaço.

Quais os principais tipos de mídia digital?

Seguem os três principais tipos de mídia digital, de acordo, principalmente, com a sua forma de organização.

Mídia paga

Mídia paga, ou tráfego pago, é bem simples de entender, já que corresponde ao processo em que o seu negócio paga para que possa aparecer para o público, tanto com promoções sobre os produtos e serviços que fornece, tanto com divulgações da marca do negócio em si.

Ela pode ser utilizada através dos anúncios presentes em plataformas como Google Ads, em redes sociais, como Facebook Ads e Instagram Ads.

A grande vantagem da mídia digital paga é que ela possui grande alcance, pode ser segmentada de acordo com sua estratégia e aparece fortemente para os seus consumidores.

Mídia ganha

Já a mídia digital ganha é aquela que vem através do bom trabalho desenvolvido pelo setor de marketing digital e pelo negócio em geral, que conseguem extrair dos consumidores revisões sinceras e espontâneas.

Ela acontece quando os consumidores indicam o negócio, compartilham suas postagens, mencionam o mesmo nas redes sociais e assim por diante.

A grande vantagem dela é que a mesma exige investimento direto no negócio e nas equipes de trabalho, então, fidelizar clientes acaba sendo uma consequência.

Mídia própria

Corresponde principalmente ao que seu negócio utiliza para falar sobre ele e divulgar os produtos e serviços que oferece, como o site próprio, blogs, e perfis nas redes sociais.

Custa muito mais anunciar seu negócio no Google Adsense do que no seu blog próprio, por exemplo. O interessante da mídia própria é que com ela você consegue construir facilmente um relacionamento com o seu público.

Se existe uma grande vantagem, é que ela é plenamente controlável, sendo que se pode refazê-la quando necessário. No caso da desvantagem, podemos dizer que ela não conta com garantias, então, você pode criar conteúdo de alta qualidade e ter poucos visitantes.

Ter como aliado o funil de vendas e o SEO pode ser uma ótima forma de driblar essa desvantagem.

Quais os benefícios de investir em mídia digital?

Investir em mídia digital pode trazer diversos benefícios para qualquer negócio, auxiliando principalmente para que se apareça mais, gastando muito menos.

Abaixo falamos melhor sobre os principais benefícios da ação constante e bem elaborada com mídias digitais. Confira:

Custo-benefício

Se esse é um ponto de preocupação para você, saiba que as opções de mídias digitais são muito mais baratas do que as tradicionais (como jornal, rádio ou televisão).

Isso não quer dizer que você sempre vai investir pouco para ter um alto retorno, porém, com as mídias digitais você possui mais flexibilidade, podendo moldar a verba ao que se pode investir.

Flexibilidade

Você é livre para adotar as estratégias que mais funcionam de acordo com a sua persona.

O que significa que você pode traçar a estratégia, escolher quais canais trabalhar, o orçamento que irá disponibilizar e muito mais.

Caso o seu orçamento esteja apertado, é completamente possível adaptar e definir uma estratégia com ações que tenham um investimento mais acessível.

Segmentação

Você consegue anunciar diretamente para o seu público-alvo, e isso é valiosíssimo para o seu negócio.

“Falar” apenas com o seu público faz com que você poupe energia, tenha maior chance conseguir engajamento e é muito mais econômico do que anunciar para todas as pessoas, sem nenhum tipo de filtro.

Mensuração de resultados

Um dos processos mais importantes das mídias digitais, já que as ações feitas digitalmente são facilmente mensuráveis em números simples de serem compreendidos, demonstrando principalmente o que deu certo e também o que não deu.

Isso ajuda não apenas para que as decisões dentro do negócio sejam sempre melhoradas, mas também fazem com que você consiga ter insights que valem ouro.

Alcance

Na mídia digital não existem limitações geográficas como nas tradicionais, considerando que a maioria dos consumidores contam com livre acesso à internet, usando principalmente as redes sociais.

Um e-commerce, ou qualquer outra loja virtual, pode ser acessado por qualquer região do Brasil, podendo fazer vendas independente do local e até mesmo do nicho.

O mesmo não acontece com um comércio físico. Dito isso, o alcance das mídias digitais é um benefício absurdamente bom, já que representa uma oportunidade incrível.

Como fazer um planejamento de mídia digital?

Um planejamento de mídia digital está longe de ser um bicho de sete cabeças. Inclusive, você só precisa seguir 8 passos.

São passos simples, onde você começa pelo briefing, passa pela elaboração de um cronograma de ações e mensuração de resultados… UFA!

Veja abaixo os passos explicados para entender exatamente como você fará na prática:

1. Briefing

Primeiro passo do plano de mídia digital, que vai envolver bastante atenção, já que precisa ser bem desenvolvido.

O ideal é que você tente coletar as questões com o seu próprio público. Basicamente o briefing precisa ser organizado através de perguntas, como, por exemplo:

  • Objetivos principais?
  • Focaremos em um produto, ou em vários?
  • Principais concorrentes?
  • Público-alvo da ação e seu comportamento?
  • Por quanto tempo esta ação de mídia digital ficará em ativa?
  • Quanto posso investir?

Esse é só um exemplo, você pode definir várias outras perguntas. Afinal, é preciso ter informações suficientes sobre o seu público para definir todas as ações de mídias digitais do seu negócio.

Importante dizer que analisar (e não copiar) a concorrência é um passo bem importante no processo, já que com ele você consegue saber os pontos fortes e fracos dos concorrentes.

2. Estratégia

Seriam as maneiras utilizadas para que suas atividades com mídia digital possam ser bem realizadas e assim trazer os retornos aguardados, como uma boa visualização da marca do negócio e o aumento das vendas dos produtos e serviços oferecidos.

Várias são as estratégias que podem ser utilizadas, então, você pode usar links patrocinados e link building, e vários outros.

É essencial que você defina a estratégia levando em consideração as informações que você coletou, mas também tenha em mente seu objetivo e o seu orçamento.

3. Canais

Esse é o passo onde você terá que definir quais canais de divulgação utilizará. Pode optar por utilizar as redes sociais, e-mail marketing, blogs e assim por diante.

Importante dizer que você não precisa se limitar, escolhendo apenas um. Na realidade, você pode escolher vários canais, considerando sempre as informações que você possui sobre o seu público e sua estratégia.

4. Conteúdo

Precisa não apenas ser bem organizado e claro, tirando qualquer possibilidade de inconsistência nas informações passadas, como também estar bem atento às particularidades de cada canal escolhido para aplicar as ações de mídia digital.

Por exemplo: se a ideia é focar na produção de conteúdo, o melhor local para colocá-los é em um blog específico do negócio.

Definir bem o conteúdo ajuda para que as ações de mídia digital sejam bem direcionadas e possam trazer o retorno aguardado.

5. Cronograma

Item essencial, já que muitos dos conteúdos e canais podem receber estratégias simultâneas de mídia digital.

Criar um cronograma vai ajudar a ter um controle, assim suas tarefas vão ter um prazo correto para iniciar e terminar, além de demarcar as necessidades de reavaliação e aplicação de melhorias.

6. Apresentação

Momento de reunir os membros da equipe de marketing e outros setores e apresentar as ideias organizadas.

Esse passo é importante para que análises sejam feitas e mudanças implementadas.

7. Execução

Momento de colocar tudo o que foi definido de mídia digital em prática, utilizando os canais e estratégias escolhidas para o processo.

Importante ressaltar que a execução não pode ser solta, sendo necessário acompanhar sua evolução e a resposta dos consumidores, de maneira que ajustes sejam feitos conforme problemas e falhas são identificados.

8. Monitoramento dos KPIs

KPI, ou Key Performance Indicator, são basicamente os dados que serão obtidos ao longo das ações de mídia digital.

Este será o momento de colher os mesmos, e realizar as devidas análises, de maneira que os dados de agora ajudem a montar novas e melhores estratégias de mídia digital, para assim atingir melhor o público-alvo e aumentar as vendas.

Lembre-se: pular esse passo é jogar fora todo o planejamento. Afinal, se você não monitora, ou seja, não se importa com a mensuração dos resultados, muito provavelmente você não alcançará seus objetivos.

Se você não usa mídia digital, seu negócio talvez não exista para o seu público

A mídia digital já está tão inserida no nosso cotidiano e é tão importante no marketing atual, que não utilizá-la é deixar de lado a possibilidade de ter mais visibilidade, reconhecimento e vendas.

E como vimos ao longo deste post, um dos melhores canais para trabalhar com conteúdo em mídia digital é criando um site para o seu negócio. E se a sua marca ainda não tem uma página na internet, está perdendo grandes oportunidades

Mas não se desespere. Criar um site é mais fácil do que parece e separamos todas as dicas que você precisa em um post completo aqui no blog!

Se você precisa de ajuda para criar o seu curso online, então entre em contato conosco pelo link abaixo:
>> https://samadhidigital.com.br/contato/

Conteúdos Exclusivos

como monetizar um podcast
Marketing Digital

5 Maneiras para Monetizar um Podcast em 2020

Para você entender o que é podcast, é só pensar em um programa de rádio feito por pessoas comuns, com assuntos e minutos variados. Só que,

Você quer crescer seu negócio digital?

Fale conosco

error: Content is protected !!